Como Taika Waititi quis irritar fãs da Marvel com “Thor: Amor e Trovão”

Em seu segundo filme do herói para a Casa das Ideias, diretor procurou subverter ainda mais as expectativas do público

Taika Waititi dirigiu “Thor: Ragnarok” em 2018, e volta agora para comandar “Thor: Amor e Trovão”, quarto filme do herói no Universo Cinematográfico Marvel. Conhecido pela irreverência e criatividade, o diretor disse com todas as letras que tentou irritar os fãs da Casa das Ideias nesse novo filme.

Em conversa com a Rolling Stone, Waititi falou sobre “Ragnarok” e como foi difícil fazer um filme ainda mais grandioso e “louco” do que aquele. No entanto, pela descrição do diretor de alguns elementos de “Amor e Trovão”, fica bem evidente que ele se esforçou bastante para conseguir isso.

“De certa forma, eu meio que queria que ‘Ragnarok’ não fosse tão bom. Porque é difícil dar sequência a um filme daquele com esse. Porque você promete coisas como ‘oh, vai ser louco. Vai ser maior. Vai ser mais bombástico’. Quer dizer, eu acho que é. Temos um navio viking que viaja pelo espaço com duas cabras gigantes puxando. E dois Thors, e Russell Crowe. Então o que poderia ser mais louco neste verão?”

Sobre irritar os fãs, o cineasta explicou que foi uma solução que ele encontrou justamente pensando em como continuar a história mostrada no terceiro filme. E colocar romance na história do Deus do Trovão pareceu perfeitamente e irritante.

“O que eu queria fazer, para seguir em uma direção diferente, era torná-lo romântico. Eles meio que tocaram um pouco nessa coisa romântica nos primeiros dois filmes, mas não entraram de fato no aspecto do amor. E eu pensei, bem, nós vimos Thor nesse grande mundo de cor e arte pop estilo Jack Kirby em Ragnarok. O que os fãs menos esperariam? Thor apaixonado! O que os fãs não querem? Thor apaixonado! O que realmente os irritaria? E fizemos isso.”

Sobre “Thor: Amor e Trovão”

“Thor: Amor e Trovão” é o quarto filme solo do herói no Universo Cinematográfico Marvel (UCM). A estreia no Brasil aconteceu em 7 de julho.

Diz a sinopse:

“O filme encontra Thor (Chris Hemsworth) em uma jornada diferente de tudo que já enfrentou – uma busca pela paz interior. Porém, sua aposentadoria é interrompida por um assassino galáctico conhecido como Gorr, o Carniceiro dos Deuses (Christian Bale), que busca a extinção dos deuses.

Para combater a ameaça, Thor pede a ajuda do Rei Valquíria (Tessa Thompson), Korg (Taika Waititi) e da ex-namorada Jane Foster (Natalie Portman), que, para sua surpresa, inexplicavelmente empunha o martelo mágico Mjolnir, revelando-se a Poderosa Thor. Juntos, eles embarcam em uma angustiante aventura cósmica para descobrir o mistério da vingança do antagonista e detê-lo antes que seja tarde demais.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share