Charvel anuncia versão mais acessível de guitarra signature de Jake E. Lee

Instrumento é totalmente baseado na Fender Stratocaster Sunburst adquirida pelo ex-músico de Ozzy Osbourne ainda em 1975

A Charvel está lançando uma versão econômica da So-Cal, guitarra signature de Jake E. Lee. Ela é totalmente baseada na Fender Stratocaster Sunburst adquirida pelo músico em 1975 – trabalhando em uma loja até adquirir crédito o suficiente para trocar seu esforço pelo instrumento – e que se tornou sua marca registrada após receber nova pintura.

Eis algumas especificações técnicas fornecidas pela própria empresa:

“O modelo tem escala de 25,5″ apresenta um corpo de amieiro e braço de maple aparafusado com reforço de grafite e acabamento de uretano acetinado à mão na parte de trás. A escala de rosewood de raio composto de 12 “-16” apresenta bordas confortavelmente enroladas, 21 trastes jumbo e incrustações de pontos brancos. Os ajustes de alívio do pescoço podem ser convenientemente feitos em tempo real com a roda de ajuste do tensor montado no calcanhar.

Um captador de ponte humbucking Seymour Duncan JB SH-4 atinge com graves poderosos e agudos radiantes, enquanto os captadores single-coil DiMarzio SDS-1 DP111 no meio e no braço adicionam punch, calor e ganho com uma extremidade inferior mais profunda e escura. Também possui um interruptor de lâmina de cinco vias, botão de controle estilo Strat de volume único, ponte hardtail com placa de base preta e tarraxas Charvel com botões de pérola.”

O preço sugerido pela fabricante é de US$ 1,3 mil (cerca de R$ 6,6 mil na cotação atual e em transação direta). Mais informações no site da empresa.

Sobre Jake E. Lee

Nascido em Norfolk, Virginia, Estados Unidos, Jakey Lou Williams começou a tocar piano aos 6 anos, passando para a guitarra aos 13, influenciado pelos discos de rock da irmã.

Sua primeira banda foi o Teaser, nome em homenagem a um dos discos solo de Tommy Bolin (Deep Purple, The James Gang), de quem é ávido fã. A seguir, tocou no Mickey Ratt (futuro Ratt), Rough Cutt e se juntou brevemente ao Dio.

Entrou para a banda de Ozzy Osbourne em 1983, gravando os álbuns “Bark at the Moon” e “The Ultimate Sin”. Entre as turnês, se apresentou com o Madman na primeira edição do Rock in Rio.

No final dos anos 1980 formou o supergrupo Badlands, com o vocalista Ray Gillen, o baixista Greg Chaisson e o baterista Eric Singer – este último substituído por Jeff Martin após o primeiro disco.

Após anos afastado dos holofotes, ressurgiu com o Red Dragon Cartel, que lançou o álbum de estreia em 2014 e mais um em 2018 – “Patina”.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
4
Share