Curiosidades Notícias

Jake E. Lee foi procurado para voltar à banda de Ozzy Osbourne em ‘Scream’



O guitarrista Jake E. Lee afirmou que foi procurado por Ozzy Osbourne para voltar à sua banda após a saída de Zakk Wylde e antes das gravações de “Scream”, álbum de 2010 gravado com Gus G. (Firewind) no instrumento. A revelação foi feita pelo músico em entrevista à Eonmusic.

Lee, que integrou a banda de Osbourne entre 1983 e 1987, contou que o contato para tentar trazê-lo de volta foi feito por Kevin Churko, produtor que trabalhou com o Madman em seus discos mais recentes e também com o Red Dragon Cartel, grupo que o guitarrista tem comandado nos últimos anos. “Comecei a querer voltar à ativa após 10 anos e fazia jams com bandas aqui em Las Vegas. Eventualmente, Kevin Churko entrou em contato comigo porque ele estava gravando discos do Ozzy”, afirmou.

O músico, então, disse que não sabia como andava a carreira de seu ex-chefe. “Honestamente, não ouço Ozzy há muito tempo, então, não sei quais álbuns ele (Kevin Churko) fez, mas sei que ele fez alguns. Inicialmente, ele entrou em contato comigo, já que ele também mora em Las Vegas, sobre o que seria necessário para que eu voltasse a tocar com Ozzy”, disse.

– Veja: O período em que Bernie Tormé e Brad Gillis tocaram com Ozzy Osbourne

Apesar de ter pensado na proposta, Jake E. Lee disse que “as conversas não duraram muito”. “Basicamente, eu disse: ‘eu só quero os créditos de composição das coisas que compus no álbum ‘Bark At The Moon’, só isso'”, revelou ele, que deixou a banda do Madman em pé de guerra após supostos créditos não atribuídos a ele por músicas feitas em sua época no grupo.

Por fim, Jake E. Lee disse: “Se fizessem isso, eu ficaria feliz em voltar para ver o que poderia acontecer comigo e Ozzy após tanto tempo. Mas, sim, isso nunca vai acontecer”.

Em entrevista concedida recentemente ao CleveScene, o também guitarrista Zakk Wylde, que está ao lado de Ozzy Osbourne atualmente, disse que o Madman considerou Jake E. Lee para voltar à banda, mais uma vez, antes do anúncio de sua turnê de despedida, “No More Tours 2”. “Ozzy disse: ‘Gus G. está fazendo sua coisa com o Firewind, Jake (E. Lee) está fazendo suas coisas. Brad Gillis está com o Night Ranger. Bernie Torme ainda está fazendo suas coisas com o blues. Você é a última opção. Você quer fazer isso?’. Eu disse: ‘Sim'”, contou.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *