Foto: divulgação

Led Zeppelin não é rock and roll, nem hard rock, afirma Robert Plant

O vocalista Robert Plant falou, em entrevista ao Louisville Eccentric Observer, sobre o estilo musical em que o Led Zeppelin se enquadraria na visão dele. O cantor negou que o Zeppelin seja uma banda de rock and roll e destacou que também não é ideal encaixar sua sonoridade como hard rock.

“Rock and roll era Jerry Lee, Litlte Richard, Larry Williams e Fats Domino”, disse Plant, inicialmente, ao ser questionado sobre a importância do rock and roll para ele nos dias de hoje, já que seu passado está “intimamente ligado” ao estilo.

“O que aconteceu no fim dos anos 1960 é que não dá para chamar Big Brother and the Holding Company ou Janis Joplin de rock and roll. Tinha algo mais e acho que seguimos para os Estados Unidos, gente como o Cream e quem quer que estivesse por perto naqueles tempos. Herman’s Hermits, talvez?”, afirmou o vocalista.

– Leia: Robert Plant quis recomeçar carreira ao ver só homens em sua plateia

“O que quer que fosse, não éramos rock and roll – éramos uma banda que tocava algumas coisas ‘malvadas’, duras e realmente poderosas, que era chamado de rock. E, então, quando chegou às mãos de quem interpretava incorretamente, tornou-se hard rock. Então, alguém vai dizer que ‘Friends’ ou ‘Battle of Evermore’ é hard rock? Acho que não. Acho que a coisa toda, de 1968 até agora, é apenas fazer música”, concluiu.

Ainda durante a entrevista, Robert Plant foi perguntado se já ouviu Greta Van Fleet, jovem banda que, frequentemente, tem sido comparada ao Led Zeppelin. “Os caras de Detroit? Sim, ele é muito bom. Há trabalho para ele em algum lugar, mas e quanto ao Zepparella? Sim, Louisville, fique atento ao Zepparella. Digo, se eu pudesse vê-los tocar novamente. Meu Deus, que frontwoman”, afirmou, citando o Zepparella, grupo-tributo formado apenas por mulheres.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share